Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Histórias da Educação

Ensino de história da educação nos cursos de pedagogia (Março/2010)

Nas últimas décadas, no Brasil, a partir de novos e instigantes objetos de pesquisa e de inovadoras perspectivas teóricas, houve um crescimento significativo do campo da História da Educação. A pesquisa em História da Educação passou a explorar novas questões e a ampliar estudos históricos no campo educativo.
O enriquecimento e o esmigalhamento da História da Educação têm implicações expressivas no ensino de História da Educação, especialmente nos cursos de graduação. Diante de diversificados objetos, abordagens e perspectivas teóricas, deve-se perguntar: qual História da Educação ensinar? 

É importante considerar também que a Pedagogia não tem uma raiz disciplinar, mas se apropria de várias ciências, sendo que essa operação é, historicamente, flutuante. E, até bem pouco tempo, os cursos de Pedagogia geralmente tinham um currículo aberto que formava para diferentes habilitações. Essa conformação curricular excessivamente aberta vem sendo criticada por vários pedagogos e cientistas sociais, particularmente à luz dos sofríveis desempenhos dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental nas avaliações nacionais e internacionais.
No entanto, as atuais diretrizes curriculares nacionais para o Curso de Pedagogia, oficializadas pela Resolução nº 01 do Conselho Nacional de Educação, de 15 de maio de 2006, afunilam a habilitação do Curso de Pedagogia para o magistério dos anos iniciais do ensino fundamental e da educação infantil. As novas diretrizes curriculares nacionais para o Curso de Pedagogia engendram discussões em torno do formato do currículo, bem como do desenho e do espaço de suas disciplinas. Neste novo formato curricular do Curso de Pedagogia, como a disciplina História da Educação deveria ser construída?
À luz das diretrizes curriculares vigentes para os cursos de Pedagogia é oportuno e salutar que a disciplina História da Educação coloque o foco sobre a escolarização da infância, proporcionando um olhar histórico sobre os anos iniciais do ensino fundamental e a educação infantil. Desta forma, a disciplina História da Educação colocaria as/os estudantes do Curso de Pedagogia em contato com experiências de escolarização da infância em diferentes temporalidades. Esse conhecimento deve proporcionar estranhamento que relativize as culturas escolares das instituições de educação da infância, percebendo-as como construções históricas. Por outro lado, ele deve contribuir para perceber que algumas culturas escolares permanecem por longos tempos e invadem o presente. 
Ademais, é imprescindível contextualizar a escolarização da infância no campo educativo e na sociedade, procurando perceber como as políticas e manifestos educativos e movimentos sociais intervêm na tessitura das culturas escolares. Contudo, essa necessária perspectiva relacional não deve tirar o foco na escolarização da infância e nem se perder em digressões contextuais.