Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Escolas agendam e “OAB vai a escola”

Joinville – O projeto  OAB Vai à Escola desenvolvido pela  subseção de Joinville, desde o ano passado, tem o objetivo de levar aos alunos do terceiro ano do ensino médio, noções de cidadania, por meio do conhecimento básico das leis.
 
 

As escolas podem agendar palestras pelo telefone 34330771 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O projeto é composto por uma palestra ministrada por um advogado ressaltando os pontos principais das leis (incluindo os deveres) e da distribuição da Cartilha da Cidadania. 
Escrita em linguagem simples, para facilitar sua compreensão pelos estudante prestes a entrar no mercado de trabalho e na universidade, a cartilha é distribuída aos interessados no final da palestra e está disponível na página eletrônica da OAB Joinville (www.oabjoinville.org.br/comissoes/21/21-comissao-oab-vai-a-escola).
  O projeto visa aproximar o adolescente das leis que regulamentam as interações entre os cidadãos brasileiros. A cartilha é subsdividida em capítulos, cada um deles abrangendo uma área do direito: constitucional, ambiental, civil, consumidor, família, penal,trabalho e previdenciário. 
As palestras ministradas por advogados voluntários, pelos conselheiros tutelares e por acadêmicos de direito, aos alunos do 3º ano do ensino médio, do ensino profissionalizante ou do EJA, tem cerca de uma hora de duração e tempo destinado à perguntas dos alunos.  
As palestras acontecem na própria escola, por solicitação dos diretores e responsáveis pela unidade escolar, que poderão ainda sugerir as áreas em que gostaria fossem dadas maior ênfase.  
A advogada presidente da Comissão, Yolanda Robert, colunista do Jornal da Educação, explica que “o principal objetivo do nosso projeto é a mudança de valores e contribuir para formar cidadãos. Queremos levar noções de cidadania, que inclui direitos e deveres, e a possibilidade de mudarmos a sociedade, através da conscientização dos jovens”. 
A palestra piloto foi realizada em 2010, na EEM Gov. Celso Ramos. A Comissão vem sistematizando as palestras e intervenções visando criar um padrão que dinamize ainda mais a participação dos estudantes.