Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Secretários buscam soluções em conjunto

     Blumenau- No dia 25 de janeiro, os Secretarios Municipais de Educação da Região da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí - AMMVI  participaram da primeira reunião do Colegiado de Educação deste ano. Na pauta , o FUNDEB, o transporte escolar, a contratação de professores em caráter temporário, cursos de formação e o Jornal da Educação.

     O Secretário Executivo da AMMVI, José Rafael Corrêa  fez uma explanação comparando o novo fundo de financiamento educacional-FUNDEB com o FUNDEF.  E adiantou que em decorrência dos coeficientes de distribuição, alguns municípios da região perderão verbas.

     Mas foi o transporte escolar e, principalmente, a demora do governo do estado em repassar as verbas para pagamento do transporte dos estudantes da rede estadual, o tema que “roubou” mais tempo dentre as discussões.

    Os secretários retornaram a seus municípios com a tarefa de fazer um levantamento sobre os custos deste transporte para, unindo forças com a Federação Catarinense de Municípios-FECAM precionar o governo do estado para que reveja os valores e priorize o repasse das verbas aos municípios.

    Outro ponto polêmico da reunião foi a proibição de contratar professores em caráter temporários por tempo superior a dois anos. Os próprios secretários trocaram informações e experiências nesta área esclarecendo que o mais importante é fazer um trabalho de conscientização dos próprios professores para que se programem sabendo que a cada dois anos terão de ficar seis meses sem trabalhar na rede.

     Durante a reunião, a diretora do Jornal da Educação, professora mestre Maria Goreti Gomes apresentou o Projeto Eu Vivo Aqui e informou que, neste ano de 2007, quando o JE completa 20 anos, o objetivo é retomar a divulgação detalhada de atividades pedagógicas diferenciadas desenvolvidas em todos os estabelecimentos de ensino da região.

     “Para fazer as reportagens, o JE precisa contar com a ajuda das secretarias, dos diretores e dos professores, no sentido de comunicar a nosso departamento jornalístico, a realização e objetivos dos trabalhos com antecedência suficiente para permitir o agendamento de visitas à escola.

     As informações também podem ser   enviadas diretamente ao JE via internet (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) ou carta. As correspondências devem conter os objetivos, atividades desenvolvidas, ilustrações ou fotos, um relatório passo a passo, conteúdos trabalhados, cronologia e dados dos envolvidos como nome do professor, dos alunos, data e horário de culminância.

     É importante também informar telefone, endereço eletrônico e melhor horário para complementar as informações diretamente com o professor sem prejudicar suas aulas. Vale lembrar que a escola não precisa enviar texto final, pois a reportagem será escrita pelo Jornal, basta enviar as informações.