Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Retorno às aulas em Joinville será feito após estabilização do índice de risco


Com a manutenção do índice de Risco de Potencial do Corona vírus como Grave para a região de Joinville, as aulas no município, no fechamento desta edição, ainda não tinham data para retornar. A princípio, o retorno estava previsto para o dia 20 de outubro. A projeção era que Joinville tivesse as duas primeiras semanas do mês com a classificação como Alto, que é a condicionante para o retorno das aulas presenciais. A permanência da classificação como Grave altera o cronograma de retorno.

A Secretaria de Educação de Joinville ainda não estabeleceu nova data. Somente após a confirmação do índice Alto é que será feita a programação de volta de 30% dos alunos de cada turma à sala de aula. Ou seja, a nova programação será feita após sete dias de oficializada a redução do Risco de Potencial, para evitar novo cancelamento da retomada das atividades. O índice é divulgado pelo governo do estado toda 5ªs feira.

Caso Joinville for classificada como índice Alto, o retorno das aulas presenciais vai ocorrer somente se, depois de sete dias, esse quadro de estabilidade se mantiver. No momento do retorno, será feita a organização por turmas, priorizando a volta dos alunos das séries finais para as iniciais, em intervalos de 7 dias.

Esta definição segue a orientação da Portaria 778 do Governo do Estado: “o retorno das atividades escolares deve ser de forma gradativa, com intervalos mínimos de sete dias entre os grupos, em cada estabelecimento, com o monitoramento da evolução do contágio da COVID -19”.

Atividades de reforço
A Secretaria da Educação está fazendo o planejamento do retorno para a realização das atividades extracurriculares (atividades lúdicas, culturais, tecnológicas ou esportivas) e de reforço pedagógico. Esse tipo de atividade pode ser realizada mesmo com o quadro de risco Grave.