Jornal da Educação - ISSN 2237-2164

Projeto Perfil
Água e Saneamento

Alfabetização ecológica é o desafio do XXI (Novembro/2010)

Educação Ambiental e metodologias inovadoras: necessidades e desafios


A educação ambiental vem sendo problematizada como um dos desafios do século XXI. Os debates atuais sobre as questões ambientais enfatizam sua necessidade e exigem metodologias contextualizadas e eficientes para uma alfabetização ecológica.
Desenvolver uma prática educacional para a harmonia nas relações entre as pessoas e o meio ambiente, muitas vezes, requer algumas transformações nos aspectos culturais profundamente enraizados em nossa sociedade. O ideal é que essas tentativas, no entanto, partissem dos conhecimentos, sentimentos, crenças e percepções dos estudantes e não impostas por uma educação centrada no professor.

Em equipes, estudantes construem mapas que representam o ciclo do água abastecimento da água.

Diante dessa problemática, o Núcleo de Planejamento e Gestão Ambiental da Companhia Águas de Joinville desenvolveu uma metodologia buscando atender aspectos pedagógicos e ecossociais. O “Mapa Perceptivo: Cidade Sustentável” é uma atividade lúdica que desperta nos estudantes uma nova reflexão sobre a realidade local e o esgotamento sanitário.
A dinâmica sugere o trabalho em equipe para a discussão e troca de opiniões  a respeito da compreensão da realidade atual e das necessidades ambientais, para se ter uma vida sadia.  As reflexões normalmente emergem durante a construção de quatro mapas que representam o ciclo do abastecimento de água, coleta de esgoto e seus respectivos tratamentos: desde a captação da água até seu devido retorno aos rios.
O processo proporciona ainda conhecimentos sobre os demais aspectos do meio ambiente, sejam de áreas urbanas, rurais e até mesmo preservadas, como as florestas.  Os resultados parciais têm demonstrado que as narrativas que os estudantes constroem durante o desenvolvimento e a interpretação dos mapas perceptivos, remetem à importância do tema proposto e indicam as representações sociais que se reproduzem na escola e nas outras instituições da sociedade.
Conhecer tais representações é importante à prática da educação e sensibilização ambiental. Vale ressaltar que a metodologia parte dos conhecimentos e percepções prévias dos estudantes, valorizando-os e validando-os com o conhecimento científico.
Os estudantes e professores avaliam positivamente a aplicação da metodologia, que vem sendo aplicada desde setembro de 2010 em três escolas municipais do bairro Vila Nova: “Bernardo Tank”, “Karin Barkemeyer” e “Valentim João da Rocha” com previsão de oferta para outras escolas do município nos próximos meses.
Maiores informações:
Núcleo de Planejamento e Gestão Ambiental / Companhia Águas de Joinville. E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Edição nº243 - Novembro/2010

 

Please publish modules in offcanvas position.